Depois dos primeiros quatros exercícios para ficar numa boa, agora apresento o quinto e último: Encontrar o Seu Caminho, ou Ter um Propósito na Vida. Se você ainda não viu os primeiros quatro passos, eu recomendo que dê uma olhada ali em meu canal do Youtube (clique AQUI), pois vale a pena. Esses passos são a Gratidão, a Aceitação, o Movimento e a Confiança. Hoje eu quero falar sobre o encontro com o seu caminho de vida. Muitas vezes, em nossos altos e baixos, nos vemos confusos e presos aos bloqueios. São os problemas, as divergências, as emoções conflitantes e as crises. E isso, com certeza, nos trazem desilusão e perda do propósito. Afinal, podemos nos perguntar: para quê mesmo eu vim a esse mundo? E no meio dessa confusão toda, como encontrar o propósito da vida? Aliás, eu tenho um curso específico sobre esse maravilhoso assunto. Ele se chama Acredite em Você... Leia Mais
Mais do que a fé propriamente dita, confiança é a certeza firme em dar o passo adiante. É a visão certa de que tudo vai dar certo. A fé, por si só, pode muitas vezes ser apenas uma esperança. Mas ela é muito mais do que isso. Ela é a confiança em si mesmo. O quanto você acredita em si? Ou será que você caiu na armadilha de se fazer de vítima, sem força para se levantar? Muitas vezes deixamos essa confiança de lado e não acreditamos que a vida dá certo. Por isso, o caminho é focar na solução e não no problema. E isso requer um exercício. Temos que forçar nossos veios neurais (na expressão simbólica do termo) a buscar uma boa maneira de ver o quanto confiamos em nós mesmos e o quanto acreditamos na solução. É aquela vontade de viver, banhada na confiança de que vai dar certo. Você talvez se lembre... Leia Mais
Nesse terceiro passo para se sentir bem, gostaria de falar de um tópico importantíssimo: o Movimento. Seja ele físico, na forma de exercícios ou articulações do corpo, seja ele psicológico, na forma de pensamentos vivos e ideais sempre acesos, o movimento impede a ferrugem, evita doenças e ilumina a vida. Por isso, eu lhe pergunto: o quanto você está aberto(a) para se movimentar e viver a vida? Com tantas notícias ruins e tanta violência, a tendência é desenvolver o medo e se fechar cada vez mais. Em poucas palavras, pode-se perceber o mundo como amedrontador, e isso paralisa. Como você está de cabeça? O quanto você se abre para o mundo e tem vontade de sair ao ar livre, respirar o ar puro, se movimentar? O importante é fazer o elo e o equilíbrio entre corpo e mente. Quanto mais você se movimenta no físico, melhor você fica de cabeça. Quanto mais você trabalha sua... Leia Mais
A todo momento estamos nos punindo por algo que achamos ter feito erroneamente. Pode até ser que tenhamos cometido uma imprudência. Na maioria das vezes, esse não é o caso. É provável que tenhamos feito o melhor que poderíamos ter feito na situação. Mas vale a pena manter o sentimento de culpa, como se fosse uma forma de autopunição? A culpa nos prende ao passado, nos mantendo no martírio para supostamente pagar por um erro cometido. Ao invés disso, o ideal seria o erro passado nos servir de aprendizado. Eu posso ter errado, e então posso aprender com o erro, e seguir minha vida, agora de maneira mais sábia. Mas infelizmente essa não é nossa atitude costumeira. Ficamos presos ao sentimento da culpa e não evoluímos com isso. Pelo contrário, a tendência é carregar esse peso da culpa por boa parte da vida. E o que ganhamos com isso? Com certeza não é aprendizado, mas sim... Leia Mais
Todo mundo, sem exceção, em algum momento da vida já se sentiu: em desespero, com medo, em ansiedade, em dúvida, com preocupação, com culpa, frustração, ressentimento, estresse, falta de amor próprio... Ufa! E essa lista cresce cada vez mais. Mas se você olhar para si próprio(a), em sua essência, o que você irá encontrar? Nossa natureza interior é de amor, compreensão, saúde, prosperidade, sabedoria, felicidade e gratidão. Isso é você, na essência. Então, por que estamos na maior parte das vezes presos a sentimentos negativos? Tais sentimentos foram se criando em nós devido a tantos incidentes passados, quando criamos conceitos errôneos sobre nós e a vida. É isso mesmo, não passam de conceitos, pensamentos equivocados presos a acontecimentos passados. São pura ilusão. Por isso, não se desespere se você estiver passando por esses maus momentos. Nosso cérebro criou esse caminho de emoções negativas querendo nos proteger do que ele considera um suposto perigo. E agora está na... Leia Mais
Como você tem levado a sua vida? Acha que ela está incrível, está boa? Ou tem muito ainda a desejar? E nesse caminho tortuoso que percorremos, você já pensou em amar e ser grato a cada passo nele percorrido? Muita gente me pergunta se é possível combinar a técnica da EFT com o método do Ho´oponopono, e minha resposta é “com certeza”. A primeira impressão que temos é que são técnicas distintas. Isso porque elas vêm de culturas diferentes. A EFT se baseia nos conceitos da acupuntura chinesa e usa ao mesmo tempo técnicas da psicologia moderna. Por sua vez, o Ho´oponopono é uma tradição das ilhas do Pacífico. Isso seria uma percepção externa. Porém, se olharmos em sua essência, há muita semelhança entre si. Isso porque ambas se baseiam no desbloqueio das dificuldades do caminho e buscam o equilíbrio na paz e harmonia. Para haver essa paz interna, é necessário estar em paz com... Leia Mais
Diz-se que controlar a mente é mais difícil do que controlar o vento. Quase que impossível. Afinal, a mente é tomada por inúmeros pensamentos a cada instante, a maioria negativos. Uma prática regulada de meditação pode ajudar muitíssimo nesse propósito de trazer paz e harmonia em nosso dia a dia. E com a prática da EFT? Como é possível limpar a mente através de um exercício de EFT? O que segue é um exemplo simples de uma limpeza energética, tirando o peso emocional, ou desconforto, que se acumula devido a tantas ideias que temos na cabeça. Nosso grande problema é que estamos presos a muitas dessas ideias. A maioria traz conceitos negativos, lembranças ruins e crenças limitantes. A neurociência diz que temos mais de 50 mil pensamentos por dia. E pode apostar que a maioria deles tem conceito negativo. E se a gente pudesse vibrar mais os chamados pensamentos positivos? É por isso que se... Leia Mais
Creio que todos reconhecem a importância de ser grato e reconhecer uma ajuda alheia. Por que, então, mais um exercício para a gratidão? No entanto, ao mesmo tempo em que podemos ser gratos por algo acontecido ou por uma mão estendida, sempre pode haver uma voz interna ainda se queixando. E com a frase de frustração, de que poderia ser melhor! Não deixa de ser uma grande armadilha: ao mesmo tempo em que estamos gratos por alguma coisa, podemos muito bem estarmos frustrados por outra. Talvez a melhor palavra para esse sentimento seria estarmos incompletos. Sentimo-nos incompletos em nossas vidas. No fundo, o que pode estar a vibrar na cabeça é que, ao mesmo tempo em que agradecemos, ainda estamos a nos queixar quase que imperceptivelmente, de que, nos falta algo. Por exemplo, eu quero melhor relacionamento, melhor saúde, melhor situação financeira. Nada contra em querer melhorar a vida. O problema está na vibração... Leia Mais
Nossa grande questão é que estamos sempre querendo ser perfeitos. Ou pior, o contrário: estamos sempre nos julgando e achando que deveríamos ter feito melhor ou nos culpando de algum erro que fizemos. E se eu lhe dissesse que você já é perfeito do jeito que é? Eu sempre costumo falar que devemos seguir o exemplo da natureza, que é perfeita dentro do caos. Que a natureza é perfeita, ninguém discute. Mas como é essa perfeição? Ela se ajusta entre uma situação e outra, entre um erro e outro, e assim encontra o equilíbrio. É o que eu chamo de equilíbrio contínuo. E nisso a natureza encontra a paz e a harmonia. E voltando para nosso caso pessoal, eu pergunto: como está sua frustração e julgamento em como você está? Você está satisfeito(a) consigo, do jeito que é? Pense um pouco: a única coisa errada em você é que você acredita que tem algo de errado... Leia Mais
A dúvida mais comum de quem ouve falar da EFT pela primeira vez é sobre o fato da EFT focar no negativo. O mais óbvio seria o contrário. Isso porque achamos comumente que se falarmos frases positivas, vibrando sempre positivamente, estaremos ajudando a resolver o problema. Eu diria que isso não só atrapalha, como também esconde o fato como é. Na verdade, não falamos o negativo durante o exercício de EFT. Nós apenas falamos aquilo que vibra em nós. E ao falarmos isso durante o tapping, juntamente com a frase de auto-aceitação, o inconsciente começa a entender que havia optado por uma solução errada, e então encontra um novo caminho, dessa vez uma solução mais certa. O segredo é não esconder o que ocorre por dentro. E se o encararmos assim de frente, conseguimos desarmá-lo. É simples assim. Pode ser simples, mas não é fácil. Isso porque somos peritos em nos criticar e nos... Leia Mais