Continuando com a apresentação dos 5 PASSOS PARA VIVER BEM, hoje eu apresento o segundo passo, que é Aceitar-se. Se você ainda não viu o primeiro passo, que é a Gratidão, sugiro que também veja o exercício aqui nesse link. Auto aceitação é importantíssima na vida. É um conceito muitas vezes negado, talvez por questões culturais. A tendência é se rejeitar, como, por exemplo, “Como eu posso me aceitar se eu cometi esse erro?”. Ou talvez seja até uma questão do ego, como, por exemplo, “Como eu posso me aceitar se tenho 25 quilos a mais do meu peso desejado?”. Assim pensamos erroneamente que se eu aceitar essa situação, eu vou me acomodar e não vou mudar. E eu quero mudar! Mas é aí que está o segredo. Enquanto a gente nega, existe resistência. E a resistência impede a mudança. Ao passo que, no momento em que você se aceita como é, aí... Leia Mais
É normal termos nossos altos e baixos na vida. Nos sentimos bem quando estamos no alto e provavelmente nos sentimos arrasados quando estamos no fundo. Mas qual o ideal? Perfeito seria não se deixar levar nem pela felicidade, nem pela dor, nem sucesso ou fracasso. Ou seja, ótimo seria se seguíssemos o caminho do meio, que é o equilíbrio emocional. E como damos os passos para esse equilíbrio emocional? No processo da EFT ativamos nosso corpo físico ao mesmo tempo em que entramos em contato com as emoções. O físico é ativado através do tapping, ou seja, os leves toques em certos pontos energéticos da acupuntura. E o emocional através da conscientização do que acontece por dentro de nós. Essa combinação entre corpo e mente é o trabalho da EFT. Ela faz parte de um conjunto de técnicas da psicologia energética que estão na vanguarda dos processos de cura exatamente por isso. Dificilmente teremos benefício... Leia Mais
A todo momento estamos nos punindo por algo que achamos ter feito erroneamente. Pode até ser que tenhamos cometido uma imprudência. Na maioria das vezes, esse não é o caso. É provável que tenhamos feito o melhor que poderíamos ter feito na situação. Mas vale a pena manter o sentimento de culpa, como se fosse uma forma de autopunição? A culpa nos prende ao passado, nos mantendo no martírio para supostamente pagar por um erro cometido. Ao invés disso, o ideal seria o erro passado nos servir de aprendizado. Eu posso ter errado, e então posso aprender com o erro, e seguir minha vida, agora de maneira mais sábia. Mas infelizmente essa não é nossa atitude costumeira. Ficamos presos ao sentimento da culpa e não evoluímos com isso. Pelo contrário, a tendência é carregar esse peso da culpa por boa parte da vida. E o que ganhamos com isso? Com certeza não é aprendizado, mas sim... Leia Mais
Todo mundo, sem exceção, em algum momento da vida já se sentiu: em desespero, com medo, em ansiedade, em dúvida, com preocupação, com culpa, frustração, ressentimento, estresse, falta de amor próprio... Ufa! E essa lista cresce cada vez mais. Mas se você olhar para si próprio(a), em sua essência, o que você irá encontrar? Nossa natureza interior é de amor, compreensão, saúde, prosperidade, sabedoria, felicidade e gratidão. Isso é você, na essência. Então, por que estamos na maior parte das vezes presos a sentimentos negativos? Tais sentimentos foram se criando em nós devido a tantos incidentes passados, quando criamos conceitos errôneos sobre nós e a vida. É isso mesmo, não passam de conceitos, pensamentos equivocados presos a acontecimentos passados. São pura ilusão. Por isso, não se desespere se você estiver passando por esses maus momentos. Nosso cérebro criou esse caminho de emoções negativas querendo nos proteger do que ele considera um suposto perigo. E agora está na... Leia Mais
Como você tem levado a sua vida? Acha que ela está incrível, está boa? Ou tem muito ainda a desejar? E nesse caminho tortuoso que percorremos, você já pensou em amar e ser grato a cada passo nele percorrido? Muita gente me pergunta se é possível combinar a técnica da EFT com o método do Ho´oponopono, e minha resposta é “com certeza”. A primeira impressão que temos é que são técnicas distintas. Isso porque elas vêm de culturas diferentes. A EFT se baseia nos conceitos da acupuntura chinesa e usa ao mesmo tempo técnicas da psicologia moderna. Por sua vez, o Ho´oponopono é uma tradição das ilhas do Pacífico. Isso seria uma percepção externa. Porém, se olharmos em sua essência, há muita semelhança entre si. Isso porque ambas se baseiam no desbloqueio das dificuldades do caminho e buscam o equilíbrio na paz e harmonia. Para haver essa paz interna, é necessário estar em paz com... Leia Mais
A EFT tem se mostrado uma técnica bastante eficaz no tratamento a vícios e compulsões, chegando até a acabar o vício por completo. Isso porque a EFT trabalha o lado emocional, e o vício está intimamente ligado aos sentimentos. É o que eu chamo de vício emocional. Mas eu tenho evitado abordar esse tema com maior profundidade, principalmente em gravar um vídeo com um simples exercício. Por quê? A resposta é simples, apesar do tema ser profundo. Isso porque qualquer bom tratamento para vícios, compulsões ou maus hábitos requer trabalhar feridas emocionais, muitas vezes presas a traumas antigos. O melhor, sem dúvida, é tratar esse assunto com mais cuidado, provavelmente se submetendo a algumas sessões com um profissional de EFT ou então aprendendo a técnica em um curso. No entanto, eu resolvi fazer esse vídeo, pois o vejo como um exercício preliminar, que pode ajudar enormemente todo início de um tratamento. O objetivo do exercício... Leia Mais
Diz-se que controlar a mente é mais difícil do que controlar o vento. Quase que impossível. Afinal, a mente é tomada por inúmeros pensamentos a cada instante, a maioria negativos. Uma prática regulada de meditação pode ajudar muitíssimo nesse propósito de trazer paz e harmonia em nosso dia a dia. E com a prática da EFT? Como é possível limpar a mente através de um exercício de EFT? O que segue é um exemplo simples de uma limpeza energética, tirando o peso emocional, ou desconforto, que se acumula devido a tantas ideias que temos na cabeça. Nosso grande problema é que estamos presos a muitas dessas ideias. A maioria traz conceitos negativos, lembranças ruins e crenças limitantes. A neurociência diz que temos mais de 50 mil pensamentos por dia. E pode apostar que a maioria deles tem conceito negativo. E se a gente pudesse vibrar mais os chamados pensamentos positivos? É por isso que se... Leia Mais
Mindfulness é a palavra da moda. Em qualquer círculo de autoconhecimento e bem estar, usa-se agora essa palavra, como algo imperativo, obrigatório. Mas, o que, de fato, significa mindfulness? No bom português, quer dizer estar atento, consciente e observante do que passa ao seu redor, em particular, do que passa em sua mente. É isso mesmo: você costuma observar o que acontece na mente. Dizem que ela é mais difícil de controlar do que controlar o vento. Pode-se até dizer que ela vive no mundo dual, do sim e do não, do gosto e do não gosto, do quero e não quero. E essa é a receita perfeita para a confusão. Quando nos entregamos aos extremos, dificilmente conseguimos ponderar e sermos equilibrados em nossos atos. Uma característica da mente é viver no passado ou no futuro. Nunca no presente. Porém, mais vale um momento sequer de plena consciência no presente, do que anos e... Leia Mais
Creio que todos reconhecem a importância de ser grato e reconhecer uma ajuda alheia. Por que, então, mais um exercício para a gratidão? No entanto, ao mesmo tempo em que podemos ser gratos por algo acontecido ou por uma mão estendida, sempre pode haver uma voz interna ainda se queixando. E com a frase de frustração, de que poderia ser melhor! Não deixa de ser uma grande armadilha: ao mesmo tempo em que estamos gratos por alguma coisa, podemos muito bem estarmos frustrados por outra. Talvez a melhor palavra para esse sentimento seria estarmos incompletos. Sentimo-nos incompletos em nossas vidas. No fundo, o que pode estar a vibrar na cabeça é que, ao mesmo tempo em que agradecemos, ainda estamos a nos queixar quase que imperceptivelmente, de que, nos falta algo. Por exemplo, eu quero melhor relacionamento, melhor saúde, melhor situação financeira. Nada contra em querer melhorar a vida. O problema está na vibração... Leia Mais
É muito fácil sair do foco e não ter claro seu objetivo. E é por essa razão que ouvimos falar muito hoje em dia dos benefícios da meditação e, citando a moda, do mindfulness. A meditação e o mindfulness nos ajudam a concentrar e ter mais claro o que queremos como meta. Isso porque, sem dúvida, requer um certo esforço para não desviar a atenção para o mundo dos sonhos. É um trabalho estar concentrado no aqui e no agora, principalmente quando o inconsciente está em conflito e tem um bloqueio em fazer o que tem que ser feito. Pois é, sair da zona de conforto dói e é muito mais fácil se largar, se dispersar, e ir levando com a barriga do que se concentrar no que deve ser feito, no que é prioridade. Tudo passa pelo tal bloqueio do inconsciente e o ideal é fazermos o caminho de autoconhecimento para descobrirmos... Leia Mais