Nós só podemos mudar uma situação na vida se diminuirmos nosso índice de rejeição e começarmos a aceitar o fato como ele é.

E isso se refere a tudo em nossa vida, seja uma questão pessoal, como um problema de relacionamento, dinheiro ou saúde, seja uma questão social e localizada, como a situação política do país, por exemplo.

O momento político atual mostra um país dividido. Metade dos eleitores rejeita fulano, outra metade rejeita cicrano.

Se analisarmos melhor, estamos apenas vibrando a rejeição, e isso não nos traz clareza e muito menos solução.

Parece incongruente e difícil de se aceitar esse ponto, porque pensar em aceitar como é, logo nos faz pensar que com isso temos que abaixar a cabeça e sermos inconsistentes com nossos princípios e valores.

A primeira reação é não poder aceitar.

Porém, para poder transformar a vida e mudar algo de errado com ela, e até mudar o país, é necessário o caminho da aceitação, e não da rejeição.

A rejeição traz a vibração negativa. A aceitação produz clareza e positividade, e com isso a força da mudança.

Eu explico melhor esse ponto no vídeo, onde convido você a fazer um exercício para a auto aceitação.
>> Veja o vídeo aqui <<

 

 

Comentários