Nesse terceiro passo para se sentir bem, gostaria de falar de um tópico importantíssimo: o Movimento.

Seja ele físico, na forma de exercícios ou articulações do corpo, seja ele psicológico, na forma de pensamentos vivos e ideais sempre acesos, o movimento impede a ferrugem, evita doenças e ilumina a vida.

Por isso, eu lhe pergunto: o quanto você está aberto(a) para se movimentar e viver a vida?

Com tantas notícias ruins e tanta violência, a tendência é desenvolver o medo e se fechar cada vez mais. Em poucas palavras, pode-se perceber o mundo como amedrontador, e isso paralisa.

Como você está de cabeça? O quanto você se abre para o mundo e tem vontade de sair ao ar livre, respirar o ar puro, se movimentar?

O importante é fazer o elo e o equilíbrio entre corpo e mente. Quanto mais você se movimenta no físico, melhor você fica de cabeça. Quanto mais você trabalha sua mente, melhor fica o físico. Simples assim.

E a EFT é uma ótima técnica que reúne corpo e mente. Ela ativa o corpo mediante o tapping, as batidas nos pontos da acupuntura, e ativa a mente, limpando os bloqueios emocionais que temos no caminho.

O exercício de EFT que eu quero fazer com você hoje tem o objetivo de tirar esses bloqueios e medos da frente e abrir-se para o mundo, para ficar bem!

Eu sempre falo que esses exercícios são genéricos e trazem alivio temporário. São importantes em seu propósito. No entanto, se você acha que tem problemas muito profundos, o melhor é aprender a EFT mais profunda, através de um curso ou fazer uma sessão com um terapeuta de EFT.

Não importa qual seja o seu problema, não esqueça, tudo tem solução. Você também tem a solução para suas questões da vida.

O exercício se divide em duas partes. A primeira é para se conscientizar dessa energia paralisante e então limpa-la, deixando-a fluir novamente. A segunda parte é fazer a visualização de se abrir e se movimentar. Está na hora de abrir seus braços e dar um sorriso.

Vamos lá? Veja o vídeo abaixo.

E se quiser aprender a trabalhar melhor suas emoções, com a EFT, assista essa aula, nesse link.

 

 

 

Comentários