Continuando com a apresentação dos 5 PASSOS PARA VIVER BEM, hoje eu apresento o segundo passo, que é Aceitar-se. Se você ainda não viu o primeiro passo, que é a Gratidão, sugiro que também veja o exercício aqui nesse link. Auto aceitação é importantíssima na vida. É um conceito muitas vezes negado, talvez por questões culturais. A tendência é se rejeitar, como, por exemplo, “Como eu posso me aceitar se eu cometi esse erro?”. Ou talvez seja até uma questão do ego, como, por exemplo, “Como eu posso me aceitar se tenho 25 quilos a mais do meu peso desejado?”. Assim pensamos erroneamente que se eu aceitar essa situação, eu vou me acomodar e não vou mudar. E eu quero mudar! Mas é aí que está o segredo. Enquanto a gente nega, existe resistência. E a resistência impede a mudança. Ao passo que, no momento em que você se aceita como é, aí... Leia Mais
É normal termos nossos altos e baixos na vida. Nos sentimos bem quando estamos no alto e provavelmente nos sentimos arrasados quando estamos no fundo. Mas qual o ideal? Perfeito seria não se deixar levar nem pela felicidade, nem pela dor, nem sucesso ou fracasso. Ou seja, ótimo seria se seguíssemos o caminho do meio, que é o equilíbrio emocional. E como damos os passos para esse equilíbrio emocional? No processo da EFT ativamos nosso corpo físico ao mesmo tempo em que entramos em contato com as emoções. O físico é ativado através do tapping, ou seja, os leves toques em certos pontos energéticos da acupuntura. E o emocional através da conscientização do que acontece por dentro de nós. Essa combinação entre corpo e mente é o trabalho da EFT. Ela faz parte de um conjunto de técnicas da psicologia energética que estão na vanguarda dos processos de cura exatamente por isso. Dificilmente teremos benefício... Leia Mais
É um fato comprovado de que estresse e questões emocionais mal resolvidas são fortes fatores que contribuem para a dor, assim como para qualquer outro problema de saúde. Eles deixam os músculos tensos, obstruem a respiração (ou seja, menos oxigênio no corpo, pior nossa saúde) e liberam em quantidade exagerada os hormônios para nossa proteção, tal como a adrenalina. Eu uso sempre a técnica da EFT (Acupuntura Emocional) como ferramenta ideal para trabalhar a dor. Isso porque ela ativa os dois lados: corpo e mente. Eu sempre brinco, dizendo que a EFT serve tanto para tratar uma dor no braço quanto para uma dor de cotovelo. Seguem aqui os três passos para aliviar o estresse e equilibrar seu estado emocional, trazendo equilíbrio e a cura para a dor: Vale relembrar que exercícios em vídeo são genéricos e não poderão ir a fundo na raiz do seu problema individual. Para traumas mais sérios, vale a... Leia Mais
Em continuação ao tema que estamos abordando, que é o caminho da cura, existe um passo importantíssimo que não podemos deixar de lado: é entender que, apesar dos aparentes revezes, não há nada de errado comigo! Isso mesmo. Pode ser que no momento seu corpo manifeste algum sinal ou sintoma do que você poderia chamar de doença. Pode ser que no momento você possa se achar vítima de indecisões, conflitos, necessidades, apreensões, etc. Mas no fundo, você não está doente e nem passa por esses revezes. Como? Porque tudo o que você poderia chamar de problema, ou até doença, é, na verdade, um desequilíbrio em suas energias. Basta reequilibra-las novamente, para você poder vibrar saúde, felicidade, abundância e amor. Somos parte desse universo, que é pleno de equilíbrio em amor, saúde, compaixão, perdão e gratidão. Afinal, somos esse amor e podemos vibrar esse amor. Na EFT sempre enfatizamos esse lado da compaixão e amor... Leia Mais
Este já é o quarto artigo consecutivo onde falo sobre o tema da cura. Ou, como eu gosto de deixar mais claro, a cura no sentido de solução para o que nos aflige. Nós já abordamos os três primeiros passos, que seriam: 1) ter o controle da situação, 2) sentir-se em segurança e 3) ter uma visão positiva. E hoje eu gostaria de falar sobre um ponto essencial para superar obstáculos e que na maioria das vezes deixamos de lado. É sobre aceitar a situação, mesmo que seja negativa. É isso mesmo: aceitar que há algo de errado comigo! Você consegue olhar para o seu problema e dizer OK, tudo bem? Essa seria a melhor maneira de mostrar aceitação. É bem provável que venha logo à cabeça a ideia de que não se pode aceitar, porque isso é o mesmo que se render, jogar toalha, se entregar, desistir. Não é nesse sentido. Aceitar não é... Leia Mais
Seguindo a resposta positiva que tenho recebido em relação aos meus dois últimos posts e vídeos, continuo hoje a abordar o mesmo tema, que é o caminho da cura. Falar sobre cura é bastante complexo. A própria palavra já remete à saúde física, que é tomada por direito aos profissionais médicos. Ou então, eu poderia me passar por um curandeiro charlatão. Creio que eu tenha deixado claro, logo no primeiro artigo que escrevi, que eu me refiro à cura no sentido de aperfeiçoar ou melhorar a saúde emocional ou física, o relacionamento com o mundo e as pessoas e também as finanças. Logo no primeiro post eu abordei o assunto de que essa tal “cura” só acontece quando tomamos as rédeas da situação. E eu mostrei um exercício prático e simples de EFT para ajudar a mudar a mentalidade a respeito. No segundo post eu mostrei outro exercício de EFT, desta vez para incentivar... Leia Mais
Na semana passada eu abordei o tema da cura, e a resposta foi espantosa. Recebi inúmeros E-mails e comentários falando o quanto essa mensagem ajudou. Eu comentei que se há algum problema em nossa vida, seja na área de saúde física ou emocional, seja na área de relacionamentos ou na questão financeira, é sempre causado por um desequilíbrio no fluxo de energia do corpo. E tudo começa na cabeça. De alguma maneira vemos uma situação que não nos agrada e que para nós representa um perigo. Com esse alarme de perigo, nossas energias ficam desreguladas, o que causa os diversos problemas. O engraçado é que estamos acostumados a culpar os outros ou situações alheias, o que de fato não é verdade. É a nossa reação a esses aspectos externos que causa o alarme de que existe um perigo. A verdade é simples: os problemas que temos agora foram soluções urgentes que encontramos para esses... Leia Mais
Estamos sempre à busca de uma cura, ou melhor, solução, a algum problema que nos aflige. Quando ouvimos a palavra “cura” automaticamente a relacionamos com algum problema de saúde ou doença. Mas aqui eu me refiro a essa palavra em um sentido mais amplo. Seria como uma “solução” aos nossos problemas, não importa em que área da vida. Existem  três áreas básica que compõem nossa vida: 1) a área da saúde e tudo o que se refere a ela no campo físico, mental e espiritual. 2) a área dos relacionamentos, seja um relacionamento amoroso, um relacionamento social, ou com o mundo ou, principalmente, com a gente mesmo. 3) a área do dinheiro, que além de ser a moeda de intercâmbio, o dinheiro é a energia que nos mantém em conforto e nos nutre. De acordo com a EFT, que tem suas raízes na Medicina Tradicional Chinesa, quando há um problema em alguma dessas... Leia Mais
Em um mundo tão agitado quanto o de hoje em dia, é quase impossível não ser vítima do estresse. Você pode até fazer uso de inúmeros métodos de meditação e relaxamento e ter lá no fundo o desejo de contemplar a vida como um monge zen. Mas na batalha do dia a dia parece que a gente sempre sai perdendo. Por que a gente se deixa levar tanto por essa vida de estresse? Nesse ponto quero esclarecer que existem dois tipos de estresse: um é positivo, o outro... bem, o outro seria negativo. Quando falamos na força motriz que move o mundo e sua criatividade, na garra de executar uma tarefa com vigor, então nos referimos a um estresse bom. Pode ser muito trabalho, mas é prazeroso. Depois de cumprida a tarefa, tem-se o gosto de missão cumprida e volta-se ao normal novamente. No entanto, quando se experimenta um estado de emoção negativa, na maioria... Leia Mais
É sempre aquele círculo vicioso: eu me sinto meio deprimido e fico esperando um milagre, para começar a me sentir melhor. Porém, por ficar mal assim, o que acontece é que eu só vou atrair pensamentos ruins e resultados piores ainda. E aí eu fico mais deprimido, e espero um milagre.
Já deu para entender como a espiral das vibrações negativas nos puxam para baixo? E o esforço para sair desse ciclo parece inútil, para não dizer impossível.
Parece fácil dizer: deixe de se sentir assim e comece a viver positivamente, pois está na hora de viver bem! Mas e se houvesse mesmo uma maneira de nos sentir bem?
Ao invés de ficar à espera dela aparecer, ou de uma fada madrinha aparecer, a felicidade começa no momento que apreciamos quem somos (não importa os problemas que possamos ter – e quem não tem?) e apreciamos o momento presente (um segundo de cada... Leia Mais